Fragmentos do passado

Eva Tesarik, formada em biologia pela Universidade de Viena, se tornou designer de joias após estudar ourivesaria com Elisabeth Jesus Defner e Fritz Maierhofer entre os anos de 1992 e 1995.

A artista fundou, em 1996, o Atelier Stossimhimme, na cidade de Viena - um coletivo de sucesso internacional de oito joalheiros.

Em seu trabalho, Eva busca inspiração em tesouros do passado, tais como mármores, peças de molduras esculpidas em móveis antigos, cristais de lustres gloriosos, a parte dourada de uma bandeja, de uma mobília, de um teto, tudo o que remete à glórias do passado, hoje peças decaídas e desbotadas.

Na coleção “Oceanis Nox”, por exemplo, a artista se inspirou no naufrágio do Titanic, em que tudo desapareceu no mar e passou a fazer parte do oceano. Para essas criações, Eva coletou pedras e conchas, cobertas de algas e corais, na praia de Sperlonga, na Itália, criando broches que levam o nome dos passageiros do navio naufragado. Já as peças da série Palazzo são alegorias dos Pallazi do Renascimento Italiano.

Em todas as suas joias, Eva transforma fragmentos do passado em belos objetos gloriosos.

Assine nossa newsletter